O que você precisa saber sobre câncer de próstata

Compartilhar
Share on Facebook
Facebook
Email this to someone
email
Print this page
Print

O mês de novembro é dedicado a lembrar a população masculina sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de próstata. Essa é a função do movimento mundial que leva o nome de Novembro Azul. De acordo com o INCA, a previsão é de 68 mil novos casos de câncer de próstata para este ano. O número é alto e, segundo o Instituto, esse é o segundo tipo que mais atinge homens brasileiros, atrás apenas do câncer de pele.

Homens de pele negra são mais propensos a terem a doença, mas devem estar atentos todos eles a partir dos 50 anos. Obesidade, sedentarismo e alimentação à base de gordura animal e pobre em frutas, verduras, legumes e cereais integrais são outros fatores de risco. Quem tem histórico na família, deve redobrar a atenção.

O que é câncer de próstata?

A próstata é uma glândula na região pélvica do homem, cuja função é colaborar com a produção de esperma. A doença não tem causa conhecida e se manifesta quando as células começam a se multiplicar de forma desordenada.

Os sintomas do câncer nem sempre são aparentes, o que eleva o risco de metástase quando não diagnosticado em tempo, atingindo outros órgãos.

Inicialmente, o homem pode sentir dificuldade e dor ao urinar, necessidade de urinar com mais frequência e presença de sangue na urina. Mais adiante, pode sentir dor nos ossos, anemia, insuficiência renal, dificuldade de ereção e dor na ejaculação.

Diagnóstico do câncer de próstata

O diagnóstico do câncer de próstata é feito pela biópsia, solicitada caso haja alterações no exame de PSA no sangue ou no toque retal. Porém, nem sempre todos esses exames são necessários e cabe ao médico fazer uma avaliação mais profunda.

Tratamento do câncer de próstata

Quando o câncer de próstata é diagnosticado, o tratamento é definido individualmente, de acordo com o caso e o estágio da doença.

Na fase inicial, cirurgia e radioterapia acompanhadas de observação da evolução pode ser um bom caminho. Quando a doença está numa fase um pouco mais avançada, a cirurgia e a radioterapia podem ser recomendadas junto com um tratamento hormonal específico. No caso de metástase, a terapia hormonal é interessante.

Prevenção do câncer de próstata

O melhor caminho é sempre a prevenção. Observando os fatores de risco, já temos boas pistas. Confira:

  • Invista em um cardápio saudável e balanceado, com frutas, verduras, legumes e cereais integrais e reduza o consumo de gordura de origem animal. Uma consulta ao nutricionista ajuda a definir aquilo que o seu corpo precisa;
  • Faça exercícios físicos constantemente. Pelo menos 30 minutos de caminhada por dia já são suficientes para manter a boa saúde;
  • Evite cigarro e o consumo de bebidas alcóolicas.